Translate

domingo, junho 19, 2011

História do Celular (Você sabia que quem o criou foi uma mulher?)



No início dos anos 90, já havia sido descoberto o rádio e as formas de propagação das ondas. Esta era uma forma de comunicação bastante utilizada, principalmente em guerras, porém não muito segura e funcional, o que permitia facilmente o desvio das informações.
Por incrível que pareça, a mãe do celular foi uma atriz de Hollywood: a austríaca Hedwig Kiesler (mas conhecida pelo nome artístico Hedy Lamaar), a qual estrelou o clássico Sansão e Dalila (1949).
Ela, uma mulher bastante inteligente e casada com um austríaco nazista fabricante de armas, mudou-se para os Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. No país, Kiesler ficou sabendo que alguns torpedos teleguiados da Marinha Americana haviam sido interceptados por inimigos.



Refletindo sobre tal fato, a mesma se empenhou na criação de um sistema em que duas pessoas se comunicassem mudando o canal, para que a conversa não fosse interrompida. Essa foi a primeira concepção do celular, patenteada em 1940.
Contudo, o primeiro celular só foi criado no dia 16 de outubro de 1956, pela empresa americana Ericsson. O mesmo chamava-se sistema automático de telefonia móvel ou MTA e pesava cerca de 40 kg, bem diferente de celulares de hoje em dia que chegam a pesar apenas 75 gramas, como o N345 Light da Samsung, por exemplo. Segundo estatísticas, cerca de 1,74 bilhão de pessoas em todo o mundo usa telefones celulares.