Translate

terça-feira, maio 31, 2011

O Brasil visto por um paulistano



VOCÊ SABE QUE ALGUÉM É PAULISTANO QUANDO... 

Na fala:
 

a) chama o semáforo de 'farol'; 
b) diz 'bolacha' em vez de biscoito; 
c) diz 'cara' em vez de menino; 
d) diz 'mina' em vez de menina; 
e) diz 'bexiga' em vez de balão; 
f) diz 'sorvete', tanto para picolé como para sorvete de massa; 
g) acha que não tem sotaque nenhum; 
h) ri do sotaque de todo mundo (gaúcho, carioca, mineiro, nordestino,etc...); 
i) vê uma pessoa mal vestida e chama de 'baiano'; 
j) é extremamente possessivo, pois emprega a palavra 'MEU' em praticamente todas as frases. 

No clima:
 

a) fala sobre o tempo para puxar assunto; 
b) enfrenta sol, chuva, frio, calor, tudo no mesmo dia e acha legal... 
c) sai todo agasalhado de manhã, tira quase tudo a tarde e põe tudo de volta à noite; 
d) tem mania de levar o carro para polir no sábado ou no domingo. O carro fica brilhando, só que toda vez que vai sair com ele para passear... CHOVE. 

Na praia:
 

a) fala que vai para praia sem especificar qual; 
b) fica a temporada no Guarujá, Maresias ou Ubatuba, mesmo que chova mais do que faça sol; 
c) chama Ubatuba de 'Ubachuva'; 
d) fala mal da Praia Grande, mas toda virada de ano fica sem dinheiro e acaba indo para lá. 

Nas esquisitices:
 

a) faz fila para tudo (elevador, banheiro, ônibus, banco, mercado,casquinha do MC'DONALDS, etc.); 
b) repara nas pessoas como se fossem de outro planeta; 
c) cumprimenta os vizinhos apenas com 'oi' e 'tchau'; 
d) espera a semana inteira pelo final de semana e quando ele chega, acaba não fazendo 'nada'; 
e) convida: 'Passa lá em casa', mas nunca dá o endereço; 
f) chama o povo do interior de São Paulo de 'caipira'. 

Principal:
 

a) ri de si mesmo ao perceber que tudo acima é verdade;